Sexta-feira, 30 de Março de 2007

E porque a Páscoa se aproxima........

Boa Páscoa

 

 

 
 

 

                               

 mar, num qualquer ínicio de noite de um qualquer dia de um qualquer mês de um qualquer ano com saudades da sua  e do seu       ...................

sinto-me:
publicado por mar às 20:44
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Quinta-feira, 29 de Março de 2007

Deixa ficar a flor do nossso Amor.....

 

Deixa ficar a flor.....

 

Conheces a gaveta:
a primeira da esquerda..............

E não te esqueças Deixa ficar a flor.....

A flor do Nosso Amor

"Se eu te cativar dás-me uma flor? Assim bonita e única no mundo para mim? E tu, lembras-te que já me deste uma flor? Estás a ler? Pois......."

O Principezinho - Antoine de Saint-Exupéry

A flor do nosso Amor, rega-a com carinho e Amor e ela para sempre sobrevevirá,

 nas tuas mãos está o futuro do Nosso Amor

.

 mar, num qualquer ínicio de tarde de um qualquer dia de um qualquer mês de um qualquer ano.........

sinto-me: assim............
publicado por mar às 12:30
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sexta-feira, 23 de Março de 2007

Deixa ficar a flor.....

 

 

 

As últimas vontades

David Mourão-Ferreira

Deixa ficar a flor,
a morte na gaveta,
o tempo no degrau.
Conheces o degrau:

o sétimo degrau
depois do patamar;
o que range ao passares;
o que foi esconderijo

do maço de cigarros
fumado às escondidas...
Deixa ficar a flor.
E nem murmures.

Deixa o tempo no degrau,
a morte na gaveta.
Conheces a gaveta:
a primeira da esquerda,

que se mantém fechada.
Quem atirou a chave
pela janela fora?
Na batalha do ódio,

destruam-se,fechados,
sem tréguas,os retratos!
Deixa ficar a flor.
A flor? Não a conheces.

Bem sei.Nem eu.Ninguém.
Deixa ficar a flor.
Não digas nada.Ouve.
Não ouves o degrau?

Quem sobe agora a escada?
Como vem devagar!
Tão devagar que sobe...
Não digas nada.Ouve:

é com certeza alguém,
alguém que traz a chave.

Deixa ficar a flor.

mar, numa qualquer tarde de março, e a recordação da sua flor perdida e do lobo distante...........




sinto-me: sem a minha rosa branca.......
publicado por mar às 13:59
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 18 de Março de 2007

Nos limites nos encontramos..................

..............  E nos mostramos sem disfarces, máscaras,  ou qualquer outra artimanha....

 

A descida era íngreme, mas a vontade de a fazer era muita
Os dias anteriores tinham sido de subida, subida após subida, após subida.... até ao cume.
Tinha sido difícil, tinha sido estafante, mas gratificante.
Dormiram em abrigos de montanha, fizeram novas amizades, encontraram gentes de todos os lugares, de diferentes línguas, usos e costumes..... gente desconhecida, mas todos unidos pela mesma vontade, a de alcançar o cume.
Ali não havia lugar para disfarces e faz de conta, todos se ajudavam, ali ninguém se podia aleijar, ningúem podia ficar para trás, ali atingindo os limites físicos e emocionais de cada um,  eram eles próprios..... sem qualquer disfarce.
E chegada a hora da descida, era com a alegria do objectivo alcançado que a faziam, mas e sempre, com o companheirismo só alcançado quando se atinge os nossos limites................. porque nos nossos limites nos encontramos e nos mostramos...........
mar, numa qualquer manhã de domingo com sol......
sinto-me: vontade de andar.........
publicado por mar às 10:32
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 15 de Março de 2007

Canções de outros tempos........ :)

 

00011xap

O meu olhar.....

 

 

Olhos Nos Olhos

Chico Buarque

Composição: Chico Buarque

Quando você me deixou, meu bem
Me disse pra ser feliz e passar bem
Quis morrer de ciúme, quase enlouqueci
Mas depois, como era de costume, obedeci

Quando você me quiser rever
Já vai me encontrar refeita, pode crer
Olhos nos olhos
Quero ver o que você faz
Ao sentir que sem você eu passo bem demais

E que venho até remoçando
Me pego cantando, sem mais, nem por quê
Tantas águas rolaram
Quantos homens me amaram
Bem mais e melhor que você

Quando talvez precisar de mim
Cê sabe que a casa é sempre sua, venha sim
Olhos nos olhos
Quero ver o que você diz
Quero ver como suporta me ver tão feliz

 

mar, num início de uma bela tarde primaveril, ouvindo velhas músicas


 

 


sinto-me: com sol......
publicado por mar às 14:18
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 13 de Março de 2007

Quero...........

Quero escrever o borrão vermelho de sangue

Clarice Lispector

Quero escrever o borrão vermelho de sangue
com as gotas e coágulos pingando
de dentro para dentro.
Quero escrever amarelo-ouro
com raios de translucidez.
Que não me entendam
pouco-se-me-dá.
Nada tenho a perder.
Jogo tudo na violência
que sempre me povoou,
o grito áspero e agudo e prolongado,
o grito que eu,
por falso respeito humano,
não dei.

Mas aqui vai o meu berro
me rasgando as profundas entranhas
de onde brota o estertor ambicionado.
Quero abarcar o mundo
com o terremoto causado pelo grito.
O clímax de minha vida será a morte.

Quero escrever noções
sem o uso abusivo da palavra.
Só me resta ficar nua:
nada tenho mais a perder.

mar, numa qualquer noite de março

sinto-me: furibunda........
publicado por mar às 20:52
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sábado, 10 de Março de 2007

Sorrisos em tempos de adversidade

 

Sorrisos em tempos de adversidade

São sorrisos que encantam…….

Encantam, pela sua espontaneidade, encantam pela sua simplicidade, pela sua verdade, pela sua força, pela capacidade de sorrir, mesmo depois de passarem por coisas, perdas, situações por nós inimagináveis

 

 

Tal como estas crianças…….

 

 

 

 

 

 

 

 

Esta mãe…….

 

 

 0000r6ab

 

 

 

E tudo isto me faz lembrar como os nossos problemazinhos não são nada quando comparados com os de esta gente, forte e determinada.

E assim andamos nós macambúzios pelas ruas das mossas cidade, vilas…… parece que perdemos a nossa capacidade de sorrir…. Mas afinal tudo na vida é relativo, até os problemas...........

Tenham um optimo fim de semana

 

 

 

Mar, com saudades dos sorrisos que encontrou

sinto-me: nostálgica
publicado por mar às 10:07
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 8 de Março de 2007

E porque hoje è o dia internacional da mulher........

 

Simplesmente mulher

Aviso da lua que menstrua

Elisa Lucinda

O semelhante, Editora Record, 1998 - Rio de Janeiro, Brasil
 

Moço, cuidado com ela!
Há que se ter cautela com esta gente que menstrua...
Imagine uma cachoeira às avessas:
cada ato que faz, o corpo confessa.
Cuidado, moço
às vezes parece erva, parece hera
cuidado com essa gente que gera
essa gente que se metamorfoseia
metade legível, metade sereia.
Barriga cresce, explode humanidades
e ainda volta pro lugar que é o mesmo lugar
mas é outro lugar, aí é que está:
cada palavra dita, antes de dizer, homem, reflita..
Sua boca maldita não sabe que cada palavra é ingrediente
que vai cair no mesmo planeta panela.
Cuidado com cada letra que manda pra ela!
Tá acostumada a viver por dentro,
transforma fato em elemento
a tudo refoga, ferve, frita
ainda sangra tudo no próximo mês.
Cuidado moço, quando cê pensa que escapou
é que chegou a sua vez!
Porque sou muito sua amiga
é que tô falando na "vera"
conheço cada uma, além de ser uma delas.
Você que saiu da fresta dela
delicada força quando voltar a ela.
Não vá sem ser convidado
ou sem os devidos cortejos..
Às vezes pela ponte de um beijo
já se alcança a "cidade secreta"
a Atlântida perdida.
Outras vezes várias metidas e mais se afasta dela.
Cuidado, moço, por você ter uma cobra entre as pernas
cai na condição de ser displicente
diante da própria serpente
Ela é uma cobra de avental
Não despreze a meditação doméstica
É da poeira do cotidiano
que a mulher extrai filosofando
cozinhando, costurando e você chega com a mão no bolso
 julgando a arte do almoço: Eca!...
Você que não sabe onde está sua cueca?
Ah, meu cão desejado
tão preocupado em rosnar, ladrar e latir
então esquece de morder devagar
esquece de saber curtir, dividir.
E aí quando quer agredir
chama de vaca e galinha.
São duas dignas vizinhas do mundo daqui!
O que você tem pra falar de vaca?
O que você tem eu vou dizer e não se queixe:
VACA é sua mãe. De leite.
Vaca e galinha...
ora, não ofende. Enaltece, elogia:
comparando rainha com rainha
óvulo, ovo e leite
pensando que está agredindo
que tá falando palavrão imundo.
Tá, não, homem.
Tá citando o princípio do mundo!

mar, mulher no dia da mulher.....

sinto-me:
publicado por mar às 18:28
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 6 de Março de 2007

Ainda porque o dia internacional da mulher se aproxima.....

 

Simplesmente mulher no séc XXI

 

 

Mutilação sexual feminina

Em mulheres, a mutilação pode ter vários graus e maneiras. A extirpação do clítoris é chamada de clitoridectomia; pode ser acompanhada da eliminação de parte ou de todo o lábio vaginal, procedimento chamado excisão. De modo generalizado, essas práticas de remoção são chamadas circuncisão feminina. Há uma forma de mutilação – infibulação – mais grave que consiste na costura dos lábios ou do clítoris, impedindo a menstruação e frequentemente levando a mulher à morte.

Algumas comunidades islâmicas e outras não-islâmicas do norte da África e Oriente Médio praticam a mutilação sexual nas meninas e vêm chamando a atenção do mundo ocidental por conta disso. Contudo, são relatados casos de mutilação sexual feminina em todo o mundo, inclusive em países desenvolvidos.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Mutila%C3%A7%C3%A3o_sexual

 

mar, num início de uma qualquer noite

sinto-me:
publicado por mar às 19:18
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 4 de Março de 2007

Porque o dia internacional da mulher se aproxima.....

 

Simplesmente mulher no séc XXI

 

Capítulo IV. Versículo 38 -

 "Os homens são superiores às mulheres, porque Deus lhes outorgou a primazia sobre elas. Os maridos que sofrerem desobediências de suas esposas, podem castigá-las: deixá-las sós em seus leitos, e até bater nelas".


        Capítulo XXIV. Versículo 59 -
 (...) "Não se legou ao homem calamidade alguma maior do que a mulher" (ALCORÃO apud LOI, 1988, p. 17-18).


mar, num qualquer final de domingo com o sol a entrar pela janela

sinto-me:
publicado por mar às 17:52
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. Será genético...... ou se...

. VII encontro de carros cl...

. É só para desejar ..........

. O estado deste blog

. Por favor não me digam qu...

. Sem comentários.............

. É bem mais fácil.........

. Dariam óptimos professore...

. O estado do.........

. Faça férias lá fora cá d...

.arquivos

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Temos pena.........

blogs SAPO

.subscrever feeds