Domingo, 21 de Dezembro de 2008

É só para desejar ................

Um santo Natal  um optimo ano novo, a todos quantos se dignam passar aqui neste neu humilde alpendre sem nexo !!

 

 

mar, quase em mais um Natal :)

 

 

 

sinto-me:
publicado por mar às 15:36
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Terça-feira, 16 de Dezembro de 2008

seja bem vindo quem vier por bem.........

A todos os que aqui vêm por bem a este meu humilde alpendre, o meu grande obrigada.

Quem aqui vem por mal, apenas digo, vivam as vossas vidas. Vivam e deixem viver. E sobretudo tentem ser felizes.

A todos desejo felicidades, e nada melhor para o fazer do que um lindo Patchwork, e uma canção eterna................

 

 

 

 

 

Amigo maior que o pensamento

   Por essa estrada amigo vem

   Por essa estrada amigo vem

   Não percas tempo que o vento

   É meu amigo também

   Não percas tempo que o vento

   É meu amigo também

   Em terras

   Em todas as fronteiras

   Seja benvindo quem vier por bem

   Se alguém houver que não queira

   Trá-lo contigo também

   Aqueles

   Aqueles que ficaram

   (Em toda a parte todo o mundo tem)

   Em sonhos me visitaram

   Traz outro amigo também

José Afonso

 

mar, em mais uma noite fria  de um qualquer outono.......

sinto-me: bem
publicado por mar às 20:35
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sexta-feira, 12 de Dezembro de 2008

Recebi por mail.............

Como tal não posso atestar a sua veracidade!

Mas que retrata de um modo real e com ironia q.b. a situaçãp caricata para a qual esta ministra nos está a empurrar, é um facto !!

 

 

Avaliação dos professores - Opinião de uma advogada
(Para ler e reflectir)

Já que muitos jornalistas e comentadores defendem
e compreendem (?) o modelo proposto para a avaliação
dos docentes, estranho que, por analogia, não o
apliquem a outras profissões (médicos, enfermeiros, juízes, etc.).

Se é suposto compreenderem o que está em causa e
as virtualidades deste modelo, vamos imaginar a
sua aplicação a uma outra profissão, os médicos.

A carreira seria dividida em duas:
 
Médico titular (a que apenas um terço dos
profissionais poderia aspirar) e Médico.
 
A avaliação seria feita pelos pares e pelo director de serviços.
Assim, o médico titular teria de assistir a três
sessões de consultas, por ano, dos seus
subordinados, verificar o diagnóstico, tratamento
e prescrição de todos os pacientes observados.
Avaliaria também um portefólio com o registo de
todos os doentes a cargo do médico a avaliar,
com todos os planos de acção, tratamentos e
respectiva análise relativa aos pacientes.
 
O médico teria de estabelecer, anualmente os seus
objectivos: doentes a tratar, a curar, etc.
A morte de qualquer paciente, ainda que por
razões alheias à acção médica, seria penalizadora
para o clínico, bem como todos os casos
de insucesso na cura, ainda que grande parte dos
doentes sofresse de doença incurável, ou
terminal. Seriam avaliados da mesma forma
todos os clínicos, quer a sua especialidade
fosse oncologia, nefrologia ou cirurgia estética...
 
Poder-se-ia estabelecer a analogia completa, mas
penso que os nossos 'especialistas' na área da
educação não terão dificuldade em levar o exercício até ao fim.
 
A questão é saber se consideram aceitável o modelo?
 
Caso a resposta seja afirmativa, então porque não
aplicar o mesmo, tão virtuoso, a todas as profissões?
 
Será???!!!
 
Já agora...
 
Poderiam começar a 'experiência' pela
Assembleia da República e pelos (des)governantes...
 
(E já gora, digo eu, desmistifique-se de uma vez por todas a ideia que os
professores não são nem nunca foram avaliados - ISSO É PROPAGANDA E
MENTIRA...
 
Foram sempre avaliados por outros métodos e sistemas, porque há
centenas de métodos de avaliação)

mar, em mais uma noite de um qualquer outono.......
publicado por mar às 21:36
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
|
Sábado, 6 de Dezembro de 2008

3 de Dezembro de 2008

 

 Dia da greve Nacional dos Professores!

Aderi!

Fiz greve, com muito orgulho, estava preparada se necessário fosse para voltar a fazer no dia 11 de dezembro!

 

 

Ao fazer greve sou duplamente penalizada, tal como todos os outros trabalhadores não ganho, nem me conta para a reforma, Mas como lecciono C.E.F.s, tenho ainda que repor as aulas não leccionadas no dia da greve, pois temos um nº "x" de aulas a dar, que é independente do numero de feriados, greves, atestados médicos, ou qualquer outra falta.

Fiz greve com muito orgulho, com a noção de estar certa ao aderir, tal como aderi às manifestações. Faz muito tempo que não tinha tanto orgulho em ser professora como agora!

Sou professora, porque o escolhi contra tudo e contra todos, sou professora por vocação, mas ultimamente até vergonha tinha em dizer que o era, e na caderneta do meu filho, punha outra profissão, pois o curso que tirei dá-me outro "título". É triste termos vergonha de dizermos que somos aquilo que realmente gostamos de ser. Mas neste momento, como já disse, tenho orgulho em ser professora. E não digam que andamos a reboque dos sindicatos, porque se calhar é mais o contrário!!

Mas se alguém julga que a ministra tem razão, é estar atenta às "simplificações" que ela tentou introduzir.......

"Ah!... coisa e tal, então deixam de ser necessárias as aulas assistidas...!!! Mas os papéis esses têm que os preencher todos, todinhos..!!"......

 

Mas afinal eu sou professora ou burocrata?! Então as  aulas assistidas são prescindíveis, e a papelada não!! Mas a componente cientifico-pedagógica, não é a parte mais importante de um professor??!! Não??!!   Ah! afinal são os papéis para "inglês ver"........ Recuso isso, e exijo que me venham assistir às aulas, que vejam como eu trabalho, oe testes e fichas que faço e todo o trabalho que tenho com os alunos. Não quero saber de papéis lindos, quero saber de aulas bem dadas!!!

 

Avaliar pelos resultados dos alunos?!!....... Então se eu leccionar uma disciplina sem exame, vou passar todos, e ter 100% de sucesso e ser uma óptima professora! Mas se a minha disciplina tiver exame estou tramada!!!

Mas se eu leccionar na Esc. Sec. do Restelo, não há problema, os alunos são bons de certeza. agora se leccionar numa escola de subúrbio, com várias etnias misturadas, e famiíias desagregadas..... bem aí estou tramada.......

E outros exemplos podia dar, mas o post já vai grande!

Apreciem este fim de semana prolongado :)

 

 

mar, em mais uma qualquer tarde de um  outono muitooooo especial

 

 

 

 

sinto-me: contente
publicado por mar às 17:04
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. Será genético...... ou se...

. VII encontro de carros cl...

. É só para desejar ..........

. O estado deste blog

. Por favor não me digam qu...

. Sem comentários.............

. É bem mais fácil.........

. Dariam óptimos professore...

. O estado do.........

. Faça férias lá fora cá d...

.arquivos

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Temos pena.........

blogs SAPO

.subscrever feeds