Quarta-feira, 17 de Setembro de 2008

alice e o violino

 

Continuação

 

 

 

 
Até q um dia a Alice chegou a casa do  avô, correu para o seu quarto mas não  encontrou o avô como de costume na cama........ e a cama estava feita, o quaro estava todo arrumado.
Alice logo percebeu, q se passava algo de estranho, os seus pais já a haviam preparado........ o seu avô tinha ido para o Céu..... mas ela sabia q ele certamente não teria levado o violino, certamente o teria deixado ficar para ela, pois não era ela a menina do seu avô?
Correu para o armário, para ir buscar a caixa do viloino, mas não chegava lá...tinha apenas quatro anos, a Mãe dela entrou no quarto, e sem nada dizer, tirou a caixa do vilolino, colocou-a em cima da cama e abriu-a.
A  Alice sentou na cama e ficou horas a mexer no violino do seu Avô, acariciando-o, como se do seu avô se tratasse, e nem uma lágrima lhe escorreu pela cara.
Nessas férias, todos os dias, ela ia ver e acariciar o violino.
Depois regressava à cidade......... mas cada vez q voltava a primeira coisa q fazia era correr para o violino e certificar-se q ele estava lá.
E assim foi durante anos e anos, Alice menina corria para o seu violino, Alice já mulher continuava a correr para o seu violino, cada vez q chegava a casa do seu Avô.......... bastava-lhe olhar e acariciar o violino, saber q ele estava ali no seu lugar, no quarto do seu avô, afinal no seu lugar, para ela se sentir bem, a posse material do violino, não era importante, o q importava era q ele estivesse no seu lugar, no quarto do Avô, e q ela o podesse ver e acariciar sempre que quizesse.......
Mas o seu tio, começou a dar tudo......... Alice começou a temer pelo seu violino, demorou décadas, para arranjar coragem para pedir o violino ao tio e qd finalmente o decidiu fazer.............. chegou a casa do seu avô, correu para o seu quarto......... mas este estava vazio........ Alice não queria acreditar.... Alice..... menina/mulher sempre contida e bem comportada, inrrompeu pelo velho casarão gritando, para espanto de todos: Onde está o meu Violino, onde está o Violino do Meu Avô..........
 
CONTINUA.......
 
 
 
mar, em mais um qualquer final de tarde, de setembro
 

sinto-me: cansada
publicado por mar às 19:12
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. Será genético...... ou se...

. VII encontro de carros cl...

. É só para desejar ..........

. O estado deste blog

. Por favor não me digam qu...

. Sem comentários.............

. É bem mais fácil.........

. Dariam óptimos professore...

. O estado do.........

. Faça férias lá fora cá d...

.arquivos

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Temos pena.........

blogs SAPO

.subscrever feeds